Horário sem programação!

Regional

Gol realiza primeiro voo entre Santa Rosa e Porto Alegre

  • 23/09/2019 - 13:58
Gol realiza primeiro voo entre Santa Rosa e Porto Alegre
O aeroporto de Santa Rosa retomou na sexta-feira, dia 20 de setembro, os voos comerciais tendo Porto Alegre como origem e destino. O avião modelo Cessna 208 Caravan da empresa Two Flex, aterrissou às 11h10min. O voo é operado pela companha em parceria com a Gol Linhas Aáres. Entre os passageiros estavam o presidente da Two Flex, Rui Aquino, e o assessor da presidência da Gol, Alberto Fajerman. Eles foram recebidos pelo prefeito Alcides Vicini.
A aeronave têm lugar para nove passageiros. A viagem entre Santa Rosa e a Capital tem duração prevista entre 1h30min até quase duas horas, dependendo da direção dos ventos. São quatro voos por semana: segundas, terças, quintas e sextas-feiras.
O Programa Estadual de Desenvolvimento da Aviação Regional (PDAR) permitiu que Santa Rosa voltasse a ter voos comerciais regulares. O programa concede incentivos fiscais para as empresas de transporte aéreo que aderiram a iniciativa. As empresas têm redução do ICMS que incide no querosene. 
Mesmo com os incentivos fiscais, os preços da passagem, que variam de R$ 412 a R$ 698, estão sendo alvo de críticas nas redes sociais. Algumas pessoas relatam que se assustaram com o valor mesmo tendo feito a pesquisa no site da Gol com bastante antecedência. 
O secretário municipal de Planejamemto Urbano e vice-Prefeito Luís Antônio Benvegnú, o preço da passagem ainda não é o preço ideal que permitiria a população a usar o transporte aéreo com mais facilidade:
- Vamos observar a demanda nos primeiros meses e continuar negociando com a empresa, para, se possível, chegarmos a um valor ainda menor. Mas é, claro, que não será possível voos mais baratos que ônibus – afirmou Benvegnú.
O aeroporto vai passar por uma ampla reforma. A estrutura, deverá receber ampliação da pista e novo terminal de passageiros. O investimento está estimado em R$ 40 milhões. Com as melhores, o município poderá receber aviões de até 72 lugares.
 
Fonte: Reda