Ouça agora

EXPRESSO 94

com JOTA MORAES

Eleições

Beto Albuquerque retira seu nome da disputa pelo governo do RS

  • 01/08/2022 - 19:58
  • Atualizado 01/08/2022 - 20:46
Beto Albuquerque retira seu nome da disputa pelo governo do RS
Foto: Daniela Barcellos/PSB-RS/Divulgação

Beto Albuquerque não é mais pré-candidato do Partido Socialista Brasileiro ao Governo do Estado do Rio Grande do Sul. A decisão foi anunciada oficialmente para Executiva Estadual do partido em reunião realizada na manhã desta segunda-feira( 1º de agosto). Logo após, Beto e a direção socialista receberam a imprensa para anunciar a decisão em uma entrevista coletiva.

O ex-deputado federal diz que sua decisão é estritamente pessoal e justifica sua renúncia a desunião dos partidos de esquerda e centro-esquerda no Rio Grande do Sul.

“Eu lutei para ser candidato, desejei ser candidato, mas eu não posso ser candidato sem que haja o mínimo de condições para disputar a eleição. Não encontrei apoio nos outros partidos dentro de nosso campo progressista, de oposição ao bolsonarismo, ainda que em todas as pesquisas sérias, desde o ano passado, o meu nome sempre estivesse melhor avaliado para ser governador, com maiores possibilidades de vitória. E nem com o argumento que, em caso de um possível segundo turno em um pleito polarizado como esse, o meu nome fosse aquele com melhor amplitude, com melhor possibilidade de diálogo com outras siglas, com melhor trânsito para compor alianças que nos levassem a vitória. Nenhum desses argumentos foram suficientes para convencer esses companheiros ”, enfatizou Albuquerque durante seu discurso.

Aos 59 anos, ex-deputado federal e estadual e duas vezes secretário de Estado, Beto está se retirando da polítivca. O socialista seguirá vinculado ao PSB, do qual é vice-presidente nacional, e irá viajar o país ajudando nas campanhas regionais, mas a partir de 2023 pretende se dedicar à advocacia privada e à histórica militância pelo estímulo à doação de medula.

 Por Ricardo Ritzel/PSB-RS