Ouça agora

MANHÃ SHOW

com ALEXANDRE DE SOUZA

Geral

Projeto do Rotativo Pago tramita na Câmara de Vereadores de Três de Maio

  • 27/07/2022 - 17:46
  • Atualizado 27/07/2022 - 19:39
Projeto do Rotativo Pago tramita na Câmara de Vereadores de Três de Maio

O Projeto de Lei 22/22, que cria o estacionamento rotativo pago nas vias urbanas centrais de Três de Maio, foi encaminhado pela Prefeitura à Câmara de Vereadores na semana passada. Mesmo com o recesso parlamentar, a proposta está sendo analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e não há previsão de quando irá à votação no Plenário da Casa Legislativa. Isso porque os vereadores querem ouvir antes a opinião da comunidade. Embora a Prefeitura já tenha realizado uma audiência pública para discutir o assunto, os vereadores ventilam a possibilidade de realizar uma nova reunião aberta ao público em geral.

O objetivo do projeto é disciplinar o uso de vagas de estacionamento nas vias públicas centrais por meio da implantação do Sistema de Estacionamento Rotativo Pago. Os veículos poderão ocupar o mesmo espaço dentro da chamada área azul, durante o horário comercial, por, no máximo, duas horas.

A proposta estabelece a retribuição pecuniária, através de preço público, devida pelo usuário, nas seguintes proporções:

- até 30 minutos: R$ 1,00 (Um Real);

- até 60 minutos: R$ 2,00 (Dois Reais);

- até 90 minutos: R$ 3,00 (Três Reais);

- até 120 minutos: R$ 4,00 (Quatro Reais);

O estacionamento de veículos para carga e descarga de mercadorias ficará permitido, sem o pagamento da tarifa, nos horários compreendidos entre 05h às 09h em pontos específicos.

O Rotativo Pago é uma antiga demanda de comerciantes e clientes que reclamam da dificuldade que se enfrenta para encontrar uma vaga disponível para estacionar no Centro de Três de Maio, principalmente nos horários de pico e em dias de chuva.

Conforme o Departamento de Trânsito da Prefeitura de Três de Maio, o rotativo pago dever ter mil vagas de estacionamento e abranger, além da Avenida Uruguai, também as ruas Expedicionário Bertholdo Böeck, Santa Cruz, Santo Ângelo, a Osvaldo Cruz, a Teresa Verzeri, as travessas Vitalino Fasolo e Pedro Garrafa, e as avenidas Alberto Pasqualini (da Rótula Willy Becker até a Avenida Buricá), Avaí (Padre cacique até a Osvaldo Cruz e Santa Rosa (da rua Horizontina até a Osvaldo Cruz). Com isso, o número de vagas deve chegar a mil.

Fonte: Redação