Ouça agora

EXPRESSO 94

com JOTA MORAES

Esportes

Antes da Sul-Americana, Inter goleia o Coritiba e sobe para terceiro no Brasileirão

Em jogo que abriu a 14ª rodada, Colorado venceu por 3 a 0, gols de Taison, Edenilson e Alemão

  • 24/06/2022 - 23:41
Antes da Sul-Americana, Inter goleia o Coritiba e sobe para terceiro no Brasileirão
Após pivô de Alemão, Edenilson fez 2 a 0 - André Ávila / Agencia RBS

A noite fria e chuvosa desta sexta-feira (24) foi de acerto de contas do Inter com sua torcida. Depois da decepcionante derrota de virada para o Botafogo, no último domingo (19), o Colorado fez uma atuação segura e venceu o Coritiba por 3 a 0, no Beira-Rio. Os gols marcados por Taison e Edenilson, no primeiro tempo, e Alemão, na etapa final, valeram para o time de Mano Menezes subir para o terceiro lugar na classificação do Campeonato Brasileiro.

Ainda será preciso esperar pelos resultados de Athletico-PR e Atlético-MG neste sábado (25) para saber se o clube gaúcho irá permanecer no G-4 ao final da 14ª rodada. Os paranaenses recebem o Bragantino, às 16h30min, enquanto os mineiros vão encarar o Fortaleza, também em seus domínios, a partir das 21h.

De qualquer forma, o reencontro com a vitória serve como motivação para o confronto de ida das oitavas de final da Sul-Americana diante do Colo-Colo, em Santiago, na terça-feira (28). 

O anúncio da escalação do Inter confirmou o garoto Thauan Lara como titular na lateral esquerda diante das ausências de Renê, Moisés e Paulo Victor. Rodrigo Moledo entrou naturalmente na zaga na vaga do suspenso Mercado enquanto Taison, Pedro Henrique e Alemão foram as opções para o setor ofensivo de uma equipe que pela primeira vez na era Mano Menezes teve Wanderson e Alan Patrick como desfalques de forma simultânea. 

Apesar de ser o substituto de Wanderson, Pedro Henrique atuou pelo setor direito, o que mexeu também nos posicionamentos de Edenilson e De Pena. O camisa 8 foi o volante ao lado de Gabriel enquanto o uruguaio atuou aberto pelo lado esquerdo do meio-campo.

De volta ao time titular após mais de dois meses, Taison carregou no braço a faixa de capitão que vinha sendo de Edenilson e foi alvo de algumas vaias no anúncio da escalação no telão do Beira-Rio. Quando a bola rolou, porém, os pouco mais de 13 mil torcedores presentes trataram de empurrar o time em busca da vitória.

Apesar da empolgação da torcida, o Coritiba teve a primeira chance de partida. Com menos de 2 minutos, Alef Manga arrancou pela esquerda e tocou para Léo Gamalho, que chutou de primeira e acertou a trave. O Inter respondeu rápido. Pedro Henrique, que jogou aberto pelo lado direito, arrancou em velocidade e serviu Alemão, mas o centroavante acabou chutando em cima do goleiro Rafael William.

O jogo teve um começo aberto. Foram sete finalizações nos primeiros 15 minutos. O Coxa estava em vantagem nesse quesito, com quatro chutes a gol contra três, mas aí o Inter foi certeiro em sua quarta oportunidade. 

O Colorado abriu o placar aos 18 em jogada que começou com Rodrigo Moledo. O zagueiro carregou a bola e tocou para Pedro Henrique, que repetiu a arrancada de alguns minutos antes, mas dessa vez encontrou Taison, que não perdoou. O camisa 7 mandou para os fundos das redes para abrir o placar e fazer as pazes com a torcida.  

A empolgação da torcida só diminuiu um pouco aos 30 minutos, quando Fabricio Bustos sentiu dores na coxa direita e precisou ser substituído. Heitor, então, entrou na lateral direita. 

A partida diminuiu de ritmo. Em vantagem, o Inter recuou suas linhas e tratou de proteger o gol de Daniel, que pouco trabalhou no restante do primeiro tempo. Aos 41, o Colorado foi cirúrgico. Após uma jogada iniciada por Carlos de Pena, Alemão deu um toque e a bola chegou para Edenilson. O camisa 8 finalizou com precisão para decretar o 2 a 0 como placar da primeira etapa.   

Mano manteve o time para o segundo tempo enquanto o paraguaio Gustavo Morínigo mexeu na lateral esquerda colocando Egídio no lugar do já amarelado Guilherme Biro no setor onde o Inter tinha Pedro Henrique em grande noite. Como no começo do jogo, o Coxa assustou cedo na segunda etapa. Aos 6, Igor Paixão chutou da entrada da área e mandou perto da meta de Daniel.

A tentativa de reação paranaense, porém, caiu por terra dois minutos depois. Taison arrancou e Alemão teve oportunismo. Ele dominou na área e bateu colocando acertando a trave ainda antes de a bola no fundo das redes e virar goleada no Beira-Rio: 3 a 0.

Com a vitória garantida, Mano começou a pensar na Sul-Americana e sacou Carlos de Pena para a entrada de Johnny aos 15. O Inter não fez questão de ter muito a bola com a vantagem de 3 a 0 e tratou de marcar no seu campo. Com duas linhas próximas da área, o Colorado negou espaços para um Coritiba que mostrava sinais de desânimo. 

Foi só esperar o apito final do árbitro Jefferson Ferreira de Moraes para o Inter comemorar a vitória e ir embalado para o Chile.

Postado por Paulo Marques

Fonte: GZH