Ouça agora

SABADÃO

com JEFERSON PERCOSKI

Trânsito

Concluída recuperação da ERS-342, entre Independência e Catuípe

Obra no noroeste do Estado recebeu investimento de cerca de R$ 7 milhões

  • 20/10/2021 - 20:15
  • Atualizado 20/10/2021 - 20:18
Concluída recuperação da ERS-342, entre Independência e Catuípe
Paulo Marques

Uma notícia publicada no site oficial do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, no dia 1º de outubro de 2021, anuncia a conclusão da recuperação da RS 342 no trajeto entre Independência e Catuípe.

O texto diz: Os usuários da ERS-342 que transitam entre Independência e Catuípe, no noroeste do Estado, já encontram condições de tráfego renovadas. As obras de recuperação do pavimento foram concluídas nesta semana pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer).

Para as ações ao longo do segmento de 50 quilômetros, foram destinados aproximadamente R$ 7 milhões do Tesouro do Estado. De acordo com o secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella, o trecho entre as duas cidades integra a rota de escoamento da produção agrícola da região até o Porto do Rio Grande.

“Investir em rodovias é promover o bem-estar da população e estimular nossa economia. Por esse motivo, incluímos a ERS-342 entre os trechos rodoviários atendidos pelo Plano de Obras do Governo do Estado”, enfatiza Costella. “As ações que executamos certamente reduzirão o custo logístico para quem circula entre o Noroeste e a Região Central do Rio Grande do Sul.”

O diretor-geral do Daer, Luciano Faustino, explica que foram feitos reparos localizados e a recomposição do asfalto nos pontos críticos da estrada. “Com o término da pintura da pista, entregamos mais um trecho revitalizado para proporcionar mais segurança e conforto aos usuários.”

Mas na manhã desta quarta-feira dia 20 de outubro, nossa produção foi conferir pessoalmente as denúncias que davam conta da precariedade da obra executada neste trecho da rodovia.

A camada asfáltica implantada na rodovia, além de visível baixa qualidade, teme espessura que não chega a 1cm. As ondulações que existiam em postos específicos, continuam do mesmo jeito.

Um detalhe que chama a atenção, é que a largura da rodovia também foi reduzida, a medição que antes tinha 7,30mt hoje apresenta 6,9mt. Em alguns pontos da rodovia, os conhecidos olhos de gato continuam afixados nas laterais e comprovam as medidas anteriores. Agora os tachões com refletivos estão fora da pista de rolamento. Também já é possível visualizar fissuras na malha asfáltica, com formação de pequenos buracos.  

Motoristas que ocupam a RS 342 neste trecho independência /Catuípe, estão preocupados com a durabilidade da recuperação da rodovia que tinha trechos quase intransitáveis.

Fonte: Paulo Marques