Ouça agora

REDE GAÚCHA SAT

Polícia

Torcedores do Boca Juniors saem de loja de SC sem pagar e acabam com ônibus retido em aduana

Eles entraram ao mesmo tempo em loja de conveniência e levaram vários produtos em Dionísio Cerqueira, segundo PM.

  • 30/04/2022 - 06:01
Torcedores do Boca Juniors saem de loja de SC sem pagar e acabam com ônibus retido em aduana
Torcedores do Boca Juniors dentro de loja de conveniência em Dionísio Cerqueira - Reprodução/Maxsul

Um ônibus com torcedores do time de futebol argentino Boca Juniors foi retido na aduana em Dionísio Cerqueira, no Oeste catarinense, após o grupo levar vários produtos de uma loja de conveniência da cidade e sair sem pagar. De acordo com a Polícia Militar, os torcedores alegaram que esqueceram de pagar. Após o acerto de contas, o grupo foi liberado para seguir viagem.

O caso ocorreu na quinta-feira (28) e Dionísio Cerqueira faz fronteira com a Argentina. A PM foi chamada por volta das 19h.

O funcionário da loja Jadson Fagundes relatou a ação do grupo. "Não teve ameaça. Eles entraram para dentro da conveniência para comprar. Só que existe um modus operandi. Eles entraram em umas 30 pessoas, mas cabem 10 aqui. A gente não podia fazer nada. Eles foram entrando e pegando tudo".

Após saírem da loja, os torcedores se distribuíram entre uma van e o ônibus. O funcionário chamou a PM. Os policiais conseguiram reter o ônibus na aduana. O dono da loja também foi até o local.

De acordo com a PM, a situação foi entendida como um desacordo comercial. O dono da loja fez um pacto com os torcedores, que fizeram o pagamento de 3,6 mil pesos argentinos, o que equivale a cerca de R$ 154, e mais R$ 572.

Postado por Paulo Marques

Fonte: G 1