Ouça agora

SABADÃO

com JEFERSON PERCOSKI

Esportes

Com um a menos, Grêmio busca empate com o Flamengo, mas perde chance de reduzir distância para sair do Z-4

Tricolor segue na 18ª colocação com 36 pontos, quatro a menos do que o Juventude, que é o 16º

  • 23/11/2021 - 23:05
Com um a menos, Grêmio busca empate com o Flamengo, mas perde chance de reduzir distância para sair do Z-4
Jefferson Botega / Agencia RBS

O Grêmio viveu uma mistura de emoções na noite desta terça-feira (23), diante do Flamengo, na Arena, em jogo atrasado da 2ª rodada do Brasileirão. Contra um adversário com time reserva, o Tricolor teve uma apresentação abaixo do esperado, mas acabou conquistando um empate que foi bom diante das circunstâncias. Isso porque o Rubro-Negro chegou a abrir 2 a 0 com dois gols do ex-colorado Vitinho, mas o time gaúcho, que estava com um a menos pela expulsão de Jhonata Robert, teve forças para buscar o 2 a 2, com gols de Borja e Ferreira.

Com o empate, o Grêmio fica a quatro pontos do 16º colocado Juventude e não tem chance de deixar a zona de rebaixamento na próxima rodada, quando irá enfrentar o Bahia, em Salvador, na sexta-feira (26).

O plano de Vagner Mancini de repetir a escalação da vitória sobre a Chapecoense contra o Flamengo não se concretizou porque Kannemann voltou a sentir dores no quadril e ficou fora da partida. Com isso, Ruan foi escalado ao lado de Geromel na zaga. O Tricolor ainda teve como novidade a presença de Douglas Costa no banco após três rodadas afastado por lesão. Mesmo com reservas, o Flamengo mandou a campo jogadores como Diego, Thiago Maia, João Gomes, Kenedy e Vitinho, que, além de terem qualidade, queriam mostrar serviço a Renato Portaluppi para ganhar uma oportunidade, pelo menos, no decorrer da final da Libertadores contra o Palmeiras.

O Grêmio respeitou bastante esse time reserva do Flamengo ao longo do primeiro tempo. Mesmo diante de casa e com a necessidade da vitória, o Tricolor teve uma postura bastante cautelosa nos primeiros minutos. Os extremas Jhonata Robert e Ferreira iniciaram mais preocupados em marcar os laterais rubro-negros do que nos avanços pelos flancos.

Ainda assim, o Tricolor teve boa chance aos 11 minutos quando Diego Souza sofreu falta na entrada da área. Ele mesmo bateu e parou em defesa de Hugo. Aos 16, Ferreira e Jhonata Robert apareceram pela primeira vez no ataque. Ferreira cruzou da esquerda e Jhonata Robert cabeceou vencendo Hugo, mas Gustavo Henrique salvou quase em cima da linha para evitar o gol na grande chance gremista no primeiro tempo.

Embora mostrasse qualidade com a bola, o Flamengo entrou poucas vezes na área gaúcha. O time carioca insistiu em chutes de média distância que foram facilmente defendidos por Gabriel Grando. 

A postura do Grêmio esteve longe da esperada ao longo dos 45 minutos, mas Diego Souza ainda conseguiu levar perigo em chute forte aos 41. Hugo espalmou e a bola sobrou para Ferreira, que não conseguiu errou o domínio e perdeu a chance no rebote. Nos acréscimos, Diego Souza chegou a balançar as redes em lance que foi bem anulado por impedimento.

Mancini optou por manter o mesmo time para o segundo tempo, que começou com Diego Souza levando perigo. No primeiro minuto, ele finalizou da entrada da área e mandou perto da trave direita de Hugo Souza. O Flamengo respondeu em boa jogada de Rodinei. A sorte gremista foi que Rafinha apareceu bem para cortar o cruzamento antes da chegada de Vitor Gabriel.

Aquele chute de Diego Souza acabou sendo apenas uma falsa impressão de que o Grêmio poderia enfim pressionar o Flamengo e o time gaúcho manteve a postura da primeira etapa. Uma falta de coragem para pressionar o rival acabou custando caro. 

Aos 12, Renato Portaluppi chamou Arrascaeta dando ainda maior qualidade ao Rubro-Negro. Com menos de um minuto em campo, o uruguaio fez um lançamento para Rodinei, que cruzou e encontrou Vitinho. O camisa 11 chutou firme para vencer Gabriel Grando e abrir o placar na Arena. O Grêmio nem teve tempo de reagir e Jhonata Robert, que tinha amarelo, acertou Vitinho sendo expulso.

Com um jogador a menos e atrás no placar, Mancini finalmente mexeu na equipe. Miguel Borja e Victor Bobsin foram chamados para os lugares de Diego Souza e Thiago Santos. Depois, Vanderson e Alisson entraram por Rafinha e Lucas Silva.

As trocas, no entanto, não fizeram nenhum efeito. Com 10 homens, o Grêmio mal conseguia ter a bola para atacar diante de um Flamengo que tocava e deixava o tempo passar. Aos 24, Renato usou mais uma vez o seu banco de luxo e o centroavante Pedro entrou na vaga do garoto Vitor Gabriel. Mancini tentou uma última cartada com Douglas Costa por Campaz, mas um minuto depois o Rubro-Negro ampliou. Novamente Vitinho apareceu para acertar um chute sem chance para Gabriel: 2 a 0.

Quando parecia que tudo estava perdido, o Grêmio teve forças para reagir. Um minuto após o segundo gol de Vitinho, Borja aproveitou cruzamento de Ferreira e descontou. O Tricolor teve a coragem que lhe faltou no primeiro tempo e se mandou ao ataque. Aos 36, Borja fez o pivô para Ferreira, que bateu para vencer o Hugo Souza e igualar tudo na Arena: 2 a 2.

Embalado pelos dois gols, o Tricolor conseguiu pressionar o Flamengo nos minutos finais. Cortez, aos 40, chegou acertou as redes pelo lado de fora, mas o placar ficou mesmo no 2 a 2, o que não era esperado pelo Grêmio antes do jogo, mas que acabou ficando de bom tamanho pelas circunstâncias.

FICHA TÉCNICA
Brasileirão (2ª rodada) - 23/11/2021

Grêmio (2)
Gabriel Grando; Rafinha (Vanderson, 20’/2ºT), Ruan, Geromel e Cortez; Thiago Santos  (Victor Bobsin, 15’/2ºT) e Lucas Silva (Alisson, 20’/2ºT); Jhonata Robert, Campaz (Douglas Costa, 27’/2ºT) e Ferreira; Diego Souza (Borja, 15’/2ºT). Técnico: Vagner Mancini.

Flamengo (2)
Hugo Souza; Rodinei, Gustavo Henrique (Bruno Viana, INT), Léo Pereira e Renê (Ramon, 33’/2ºT); João Gomes e Thiago Maia; Kenedy, Diego (Arrascaeta, 12’/2ºT) e Vitinho (Piris da Mota, 33’/2ºT); Vitor Gabriel (Pedro, 24’/2ºT). Técnico: Renato Portaluppi.

GOLS: Vitinho (F), aos 12min e aos 28min, Borja (G), aos 29min, Ferreira (G), aos 36min do 2º tempo.
CARTÕES AMARELOS: Campaz, Lucas Silva (G); Kenedy, Vitinho, Renê (F).
CARTÃO VERMELHO: Jhonata Robert (G).
ARBITRAGEM: Bráulio da Silva Machado, auxiliado por Kleber Lúcio Gil e Alex dos Santos. VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira. (quarteto catarinense).
LOCAL: Arena, em Porto Alegre (RS).

Próximo jogo
Sexta-feira, 26/11 - 19h
Bahia x Grêmio
Arena Castelão - Brasileirão (35ª rodada)

Postado por Paulo Marques

Fonte: GZH