Ouça agora

EXPRESSO 94

com JOTA MORAES

Geral

Chama Crioula chega a Três de Maio e marca início da Semana Farroupilha

  • 14/09/2021 - 16:51
  • Atualizado 14/09/2021 - 17:02
Chama Crioula chega a Três de Maio e marca início da Semana Farroupilha
Paulo Marques

Símbolo da alma e união gaúcha, a Chama Crioula chegou a Três de Maio na manhã desta terça-feira (14/09), oficializando o início da Semana Farroupilha. A centelha entregue pelos cavalarianos, sentinelas da tradição desde 1947, foi recebida pelo patrão do CTG Tropeiros do Buricá Gilmar Fischer. O fogo simbólico chegou 30 minutos antes do previsto pelos organizadores.

As celebrações deste ano enaltecem o bicentenário do nascimento de Anita Garibaldi e o cinquentenário do Dia da Consciência Negra e do Movimento Nativista. O tema escolhido, "Caminhos de Anita", é uma homenagem aos caminhos percorridos por ela e sua atuação na Revolução Farroupilha.

A chama que permanecerá na Pira Paulo da Silva é uma fusão da centelha trazida pelos cavalarianos tres-maienses do município de Derrubadas, onde na última sexta-feira (10/09) ela foi gerada em âmbito de 20ª Região Tradicionalista com o Fogo Simbólico da Pátria.

Em pronunciamento transmitido pela Rádio Colonial, Fischer destacou o empenho e a organização do grupo de cavalarianos e de apoio para que a cavalgada fosse realizada com êxito. 

Já o coordenador da Cavalgada da Chama Crioula 2021, Fabiano Fasolo, disse que a partir de hoje todos os envolvidos podem descansar no conforto de seus lares junto as suas famílias, sabendo que cumpriram com o dever com a tradição do Rio Grande do Sul.

A tradição da chama crioula teve origem em 1947, quando os tradicionalistas Paixão Cortes, Cyro Ferreira e Fernando Vieira, retiraram uma centelha do fogo simbólico da pátria e acenderam o primeiro candeeiro crioulo, em Porto Alegre, representando a coragem, a união dos povos e o amor do gaúcho pela sua terra.

Fonte: Redação