Ouça agora

EXPRESSO 94

com JOTA MORAES

Saúde

Prefeitos da região divulgam nota oficial sobre situação da Emergência do S. Vicente

  • 06/09/2021 - 20:34
  • Atualizado 06/09/2021 - 22:07
Prefeitos da região divulgam nota oficial sobre situação da Emergência do S. Vicente
Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Três deMaio

Os prefeitos de Três de Maio, Alegria, Boa Vista do Buricá, Independência, Nova Candelário e São José do Inhacorá se reuniram rna tarde desta segunda-feira (06/09), no auditório do Palácio Municipal Walter Ullmann para tratar da decisão do Hospital São Vicente de Paulo de encerrar as atividades de Urgência e Emergência a partir de outubro. Após o encontro, os mandatários divulgaram uma nota em conjunto afirmando que foram surprendidos pela decisão unilateral do hospital e que vêm repassando regularmente os valores orçados e contratados com o Hospital São Vicente de Paulo, para todo o ano de 2021.

Defendem, também, a realização de auditoria nas contas do São Vicente, bem como anunciam que solicitarão a intervanção do Ministério Público Estadual visando a adoção de medidas Legais para impedir o abrupto encerramento das atividades da Urgência e Emergência do Hospital São Vicente de Paulo.

Leia abaixo a nota na íntegra:

 

Nota de Esclarecimento à Comunidade Regional

Os prefeitos e os secretários de Saúde dos seis municípios integrantes da microrregião, da 14ª Coordenadoria Regional de Saúde, a saber: Três de Maio, Independência, Alegria, São José do Inhacorá, Boa Vista do Buricá e Nova Candelária, reunidos na tarde de segunda-feira (06), no auditório do Palácio Municipal Walter Ullmann, considerando o Comunicado emitido pelo Hospital São Vicente de Paulo – HSVP, informando o encerramento das atividades dos serviços de Urgência e Emergência, a partir do próximo dia 01/10/2021, resolveram, de forma unânime, emitir a seguinte nota:

01 - Os municípios vêm repassando regularmente os valores orçados e contratados com o Hospital São Vicente de Paulo, para todo o ano de 2021;

02 – Foram surpreendidos com decisão unilateral do Hospital São Vicente de Paulo, do encerramento das atividades de Urgência e Emergência, desrespeitando suas obrigações contratualmente assumidas;

03 – Com relação ao custo dos serviços para que o Hospital São Vicente de Paulo atenda a Urgência e Emergência, informa-se que será realizada uma Auditoria, para levantar as receitas e despesas, para que uma nova proposta de atendimento possa ser construída tendo os munícipes como o objetivo final;

04 – Decidiu-se também encaminhar expediente à Promotoria de Justiça dessa Comarca, solicitando a intervenção do Ministério Público, visando a adoção de medidas Legais para impedir o abrupto encerramento das atividades da Urgência e Emergência do Hospital São Vicente de Paulo, que presta atendimento a cerca de 50 mil habitantes da microrregião;

05 – O Hospital São Vicente de Paulo, aderiu contratualmente ao Programa Portas Abertas Urgência e Emergência SUS, do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, que garante o funcionamento desta unidade e a resolução deste contrato depende do Governo do Estado e a Secretaria Estadual de Saúde, a qual já emitiu notificação ao Hospital São Vicente de Paulo, para que preste informações e esclarecimentos, sobre suas intenções de encerramento dos serviços no próximo mês;

06 – Os municípios que subscrevem a presente nota afirmam que estão tomando todas as medidas administrativas e legais para evitar o encerramento da Urgência e Emergência, no Hospital São Vicente de Paulo, podendo tranquilizar a população regional que não haverá prejuízos aos munícipes.

Três de Maio, RS 06 de setembro de 2021

Marcus Vinícius Benedetti Corso - prefeito de Três de Maio

Teresinha Marczewski Zavaski – prefeita de Alegria

João Rudinei Shenem – prefeito de Boa Vista do Buricá

João Edécio Graef – prefeito de Independência

Jorge Ladir Steffler – prefeito de Nova Candelária

Gilberto Pedro Hammes – prefeito de São José do Inhacorá

Fonte: Redação