Ouça agora

ALVORADA MUSICAL

com PAULO MARQUES

Saúde

Município das Missões registra casos de febre chikungunya

  • 10/04/2021 - 19:54
  • Atualizado 10/04/2021 - 19:56
Município das Missões registra casos de febre chikungunya
Reprodução

O Aedes aegypti é conhecido como o mosquito da dengue. Entretanto, ele também transmite outras doenças, como a chikungunya e Zika. É a chikungunya que passou a preocupar os moradores da Região das Missões após a confirmação de 45 casos da doença no município de São Nicolau nos últimos dias.

A doença provoca febre, dores nas articulações e pode causar até um novo tipo de reumatismo. 

Esse novo tipo de reumatismo é semelhante à artrite, cuja causa é a inflamação nas articulações e a infecção dos nervos, que leva à sensação de dormência. Além disso, ocorre inchaço porque o vírus também invade o sistema linfático.

O secretário municipal de Saúde, Vilson Saturno de Oliveira, conta que, quando os primeiros pacientes com sintomas apareceram se pensou que se tratava da Cpvid-19, mas exames realizados na rede particular diagnosticaram a chikungunya. 

A Prefeitura de São Nicolau está realizando uma ação para eliminar de criadouros do mosquito e conta com a colaboração dos moradores na limpeza de pátios e terrenos.

Não há um tratamento capaz de curar a infecção, nem vacinas voltadas para preveni-la. O tratamento é paliativo, com uso de antipiréticos e analgésicos para aliviar os sintomas. Se as dores articulares permanecerem por muito tempo e forem dolorosas demais, uma opção terapêutica é o uso de corticoides.

 

Fonte: Redação